segunda-feira, 20 de abril de 2009

Betty Page: puro fetiche!


Em 1950, um policial interessado em fotografia, tirou as primeiras fotos de Betty Page, nascida em Nashville, Tennessee, nos EUA. Também a apresentou a vários outros fotógrafos, dando iníco à carreira daquela que foi considerada a rainha das pin-ups.

Nos anos seguintes, Betty apareceu em várias revistas, como Wink, Eyeful, Titter, and Beauty Parade, mas sua consagração veio quando suas fotos aparecem nas revistas de Robert Harrison. Em 1955, Bettie ganhou o título de Miss Garota Pin-up Mundial." Foi também página central da Playboy e ganhou ainda o título de a Garota da Figura Perfeita, com suas fotos ilustrando desde capas de discos até cartas de baralho. Em 1957, desapareceu de cena no ápice da fama.

Nas décadas de 80 e 90, sua imagem foi resgatada por artistas das novas gerações como símbolo de uma beleza e feminilidade que transcende os padrões comuns. No final do ano passado (12/11/2008), faleceu aos 85 anos de pneumonia, em Los Angeles, na California.

Entre as imagens que a consagraram figuram muitas relativas a práticas BDSM como o bondage e o spanking. Nelas, Bettie aparece ora como Top ora como bottom, mas sempre bonita e sensual. Para os padrões atuais, onde impera a super-exposição e a magreza, seu visual era até casto e suas curvas muito acentuadas, mas sem dúvida ela lançou um modelo fetichista que até hoje tem adeptas (vide Madonna).

No vídeo abaixo, ao som de Venus in Furs (Vênus das Peles), do Velvet Underground, uma amostra da rainha das pin-ups.
Fonte: http://www.bettiepage.com/



Vênus in Furs

Shiny, shiny, shiny boots of leather
Whiplash girlchild in the dark
Clubs and bells, your servant, dont forsake him
Strike, dear mistress, and cure his heart

Downy sins of streetlight fancies
Chase the costumes she shall wear
Ermine furs adorn the imperious
Severin, severin awaits you there

I am tired, I am weary
I could sleep for a thousand years
A thousand dreams that would awake me
Different colors made of tears

Kiss the boot of shiny, shiny leather
Shiny leather in the dark
Tongue of thongs, the belt that does await you
Strike, dear mistress, and cure his heart

Severin, severin, speak so slightly
Severin, down on your bended knee
Taste the whip, in love not given lightly
Taste the whip, now plead for me

I am tired, I am weary
I could sleep for a thousand years
A thousand dreams that would awake me
Different colors made of tears

Shiny, shiny, shiny boots of leather
Whiplash girlchild in the dark
Severin, your servant comes in bells, please dont forsake him
Strike, dear mistress, and cure his heart

Um comentário: